Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Incesto » Loucuras na sexta feira eu, minha amiga e seu irmão

Loucuras na sexta feira eu, minha amiga e seu irmão

Publicado em 22/08/2023 por Adriana Lima

Depois daquela tarde na casa de minha amiga, vendo-a transar feito uma putinha com seu irmão e mais ele me agarrou e perdi a virgindade com minha amiga assistindo, voltei para casa flutuando.

Minha bocetinha ardia, pois, ele me penetrara por duas vezes e eu gozei ambas as vezes, eu estava nas nuvens, me sentia uma atriz pornô depois de um filme, senti medo, desejo, prazer, mas acima de tudo me sentia livre e pronta para mais transas.

Dois dias depois numa sexta feira, ao saímos do colégio minha amiga

Atendeu ao celular e disse: “Amiga é Pedro quer que vá lá para nossa casa, ele quer você de novo, e aí o que eu digo a ele?”

Eu ansiosa e já com vontade respondi: “Ah primeiro tenho que ir para casa tomar um banho e avisar minha mãe, mas pode apostar que quero também”.

Algumas horas depois eu havia tomado banho, vesti a menor calcinha tipo fio dental, mini saia e um top e corri para casa de minha amiga, pronta para dar gostoso.

Assim que cheguei minha amiga abriu a porta e me vendo toda produzida gritou para Pedro: “Mano a Suzi chegou”.

E me levou para o quarto dele. Assim que entrei em seu quarto ele veio a meu encontro, me abraçou forte, me beijou na boca e suas mãos correram pelas minhas costas e logo estavam acariciando minha bunda, puxou a mini saia e senti seus dedos entrarem calcinha adentro e logo estavam me dedando a boceta e senti um desejo enorme.

Ele tirou eu top e a mini saia e me vendo com aquela mini calcinha me olhou e disse: “Nossa que delicia de corpinho, estava doido para ter você aqui, estou doido de tesão”.

Eu enfiei a mão dentro de sua bermuda e pude sentir aquele cacete enorme durinho e falei: “Eu estava morrendo de vontade de chupar essa delicia, será que posso matar minha vontade?”.

Eu tirei sua bermuda e lá estava aquela delicia durinha e cai de boca, mamei gulosamente por bom tempo até que ele me fez parar, me agarrou e me pegou nos braços e me levou para cama, me vez ficar de 4 e naquele momento senti que iria ser usada e adorei.

Senti aquele cacete duro me abrir e me penetrar e gemi de tesão e ele socava gostoso, eu gemia e pedia mais e mais e ele obedecia e dava estocadas fortes me agarrando com suas mãos pela cintura e eu gritava de tesão e ele continuava e dizia: “Isso delicia, que gostosa, ai que tesão meter nessa bocetinha, vai geme mais e me fala se quer mais”

Loucuras na sexta feira eu, minha amiga e seu irmão

Loucuras na sexta feira eu, minha amiga e seu irmão

Eu apenas gemia e dizia: “Isso mete, fode, vai enfia tudo, quero gozar nesse cacete, adoro dar, vai me come gostoso”.

Eu gemia, me tesão era enorme, e aí senti uma mão acariciar meus peitos e olhei e vi que era minha amiga me alisando, me beijava e dizia com a boca em meus ouvidos: “Nossa adoro ver meu irmão te foder, ele já me fodeu duas vezes hoje e agora é sua vez, vai dá gostoso mesmo, nós merecemos esse cacete, vai goza boba, ele tem um pintão gostoso”

Eu comecei a gozar e que delicia ele também estava gozando, senti o cacete dele estufar e ejacular e me deliciei naquele cacete.

Ele tirou o cacete da minha boceta e deitei de bruços e ele de lado e me disse: “Você tem uma bocetinha tesuda, aliás você e minha irmã, as duas são boas de comer”.

Minha amiga me abraçou e me deu um beijo na boca e disse: “estou afim de fazer um 69 contigo para o meu irmão ver topa?”

Eu já brincara de masturbar minha prima e ela me masturbar, mas 69 eu nunca havia feito, senti vontade e respondi: “Ah claro nunca fiz deve ser gostoso”

Meia hora depois deitamos de ladinho uma com a cabeça na coxa da outra e nossas línguas e bocas encontraram nossas bocetas e rolou um 69 delicioso. Ficamos nos chupando por algum tempo, até que Pedro disse: “Agora chega de safadeza, quero as duas de 4 na cama”

Obedecemos, ele apagou a luz e no escuro ele passava o dedo, a mão e o cacete em nossas bocas, bocetas, brincou assim bom tempo e ouvi minha amiga gemer e dizer: “Ai que puto, vai me foder o cuzinho, aí vai doer Pedro, calma, ai ai”. Depois ela silenciou e aí senti que ele estava me agarrando e ele enfiou o dedo no meu cuzinho e tentei recusar, mas logo ele melou meu cuzinho de gel e aí ele me agarrou e senti a cabeça forçar me penetrar, tentei muito recusar, implorei e minha amiga me segurou, me agarrando e a ouvi dizer: “Vai ela ta segura, vai mete logo, ela tem que perder o cabacinho do cuzinho agora, vai quero ver ela gemer”.

Ardia, doeu e ele foi enfiando bem devagar, depois de algum tempo relaxei e ele enfiou todo seu cacete em meu cuzinho, eu perdera minha segunda virgindade… mas foi bom, pois depois disso eu queria a todo instante dar a boceta e o cuzinho e como passei a adorar e viciar no sexo….

2233 views

Contos Eróticos Relacionados:

Depois da praia em casa com os dois tarados

Assim que entrei no quarto me deparei com Marcio pelado na cama e soube o que queria, pois seu cacete estava bem duro. Ainda enrolada na toalha, ajoelhei entre suas pernas, fui acariciando-as até que...

LER ESTE CONTO

Incesto lésbico entre mãe e filha

Incesto lésbico entre mãe e filha, uma história bem picante de uma mãe carente e sua filha novinha fazendo sexo lésbico pela primeira vez e curtindo cada detalhe dessa nova aventura sexual. ...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 4 = ?

geo-objects.ru - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

- - - - - - - - -  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

© 2023 - Conto Erótico -