Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » Chupei meu chefe para que ele assinasse o contrato

Chupei meu chefe para que ele assinasse o contrato

Publicado em 25/07/2023 por renata

Minha chefe adorava jogar nas minhas costas os piores serviços do escritório. Naquela manhã ela me informou qual seria minha mais nova missão ingrata.

– Preciso que você vá e convença um cliente de renovar o contrato da empresa dele conosco. Ele é um homem muito detalhista e certamente vai exigir que muitas cláusulas sejam alteradas, e mesmo assim vai ser muito difícil conseguir convencê-lo de assinar o contrato. Caso você consiga, mesmo mudando as cláusulas, eu farei um pedido de aumento do seu salário.

– Sim, senhora. Eu farei o meu melhor!

– Ele está hospedado neste hotel – ela me mostrou o endereço – Você vai encontrá-lo hoje, às três da tarde. Ele estará te esperando na recepção do hotel.

Eu passei algum tempo daquela manhã pensando no que eu poderia fazer para conseguir aquela assinatura e logo minha mente criativa teve uma ideia bastante pervertida.

Saí pelo corredor a procura dela. Encontrei Lana na sala de impressão e falei.

– Acho que tenho algo que nós poderíamos fazer juntas! – e mostrei uma foto do tal cliente, no Instagram, para ela. – Ele era um cara bem gato.

– Gostoso! – Lana respondeu.

– Só precisamos fazer com que ele assine um contrato. Hoje, às duas.

Eu topo!

– Então saímos daqui depois do almoço. Ah, a Rachel não precisa saber que você vai comigo.

Depois do almoço eu e Lana fomos ao hotel encontrar o cliente. Chegamos lá pontualmente no horário e logo ele nos recebeu. Dois beijinhos pra lá, dois beijinhos pra cá, nós duas fomos bem cordiais no começo. Sentamos em um sofá grande, uma de cada lado daquele homem. Saias curtas que deixavam boa parte das coxas à mostra e blusas de seda, com decotes quase comportados, mas um pouco chamativos, nós começamos o que tínhamos de fazer. Eu abri meu notebook e mostrei a ele o contrato.

Eu lia uma cláusula e ele achava algo para reclamar, eu lia outra é a mesma coisa. Eu já estava imaginando que ia ter que editar aquela porcaria toda novamente, então eu apelei para meu jeitinho puta de ser. Fui fazendo carinha de piranha, chegando mais perto dele, quase colando no seu braço esquerdo. Mas mesmo assim ele não cedia e continuava reclamando.

Quando eu terminei, já estava imaginando que teria que apelar a algo mais para convencê-lo. Só que Lana era tão puta quanto eu, ou mais. Ela meteu a mão na coxa daquele homem, alisou e com seu jeitinho de safada sussurrou “talvez a gente possa terminar essa conversa no seu quarto”. Os dois se olharam e logo ela olhou para mim. Ele pensou por uns dois ou três segundos e falou “Acho essa ideia ótima!”.

Quando nós entramos no quarto, Lana foi logo se atracando nele. Os dois se beijavam e eu me juntei aos dois assim que fechei a porta. Óbvio que primeiro eu beijei a boca de Lana, só para ele ver que nós não estávamos ali para brincadeira. Depois eu o beijei e nós duas o empurramos para a cama. Enquanto Lana continuou ocupando a boca dele com a dela, eu ia tirando a roupa daquele homem até pôr seu pau pra fora.

Eu e Lana nos juntamos em um boquete duplo. Cada uma chupava aquele caralho um pouco. Em momento nós duas começamos lambendo desde as bolas, uma de cada lado, e fomos subindo nossas línguas. Quando chegamos à cabeça, terminamos nos beijando de um jeito bem safado. Repetimos isso umas três vezes. Deixamos o coitado hipnotizado. Lana e eu juntas nos tornávamos duas putas incontroláveis.

Deixei Lana chupando ele enquanto eu tirava minha roupa, depois foi ela quem se despiu enquanto eu o chupava. Quando chupamos juntas novamente, uma chupava o pau e outra as bolas. Ele gemia dizendo “Caralho! Que gostoso!”.

Eu fui a primeira a subir nele e sentar naquela pica. Fiquei rebolando e sussurrei para Lana: “Senta na cara dele!”. Meu plano era matar aquele homem de tanto sexo pra ele assinar o contrato nem que fosse inconsciente! vc pode me procurar para falar sobre os contos renatavozkaraujo

Lana sentou com a buceta na boca dele, virada de frente pra mim. “Vai, chupa minha buceta seu gostoso” Lana falou com a voz alta. Eu rebolando na pica dele e ela rebolando na boca. Nós ríamos uma para a outra enquanto ele se esforçava para dar conta das duas.

Num piscar de olhos nós trocamos de lugar e era Lana quem quicava na piroca dele. Depois eu me arrastei sobre ele, sentando na sua pica de costas. Lana beijava a minha boca e eu a masturbava, ao mesmo tempo que eu me remexia sobre a aquela rola dura.

– Caralho, vocês vão me fazer gozar assim!

– Já? – Eu debochei dele.

– Vocês são muito gostosa! E muito safadas!

– Você não viu nada ainda! – Lana respondeu daquele jeito bem puta.

Chupei meu chefe para que ele assinasse o contrato

Chupei meu chefe para que ele assinasse o contrato

Eu sentei mais um pouco mas sem deixar ele gozar. Quando saí, me deitei na cama, e Lana ficou de quatro, em cima de mim. Ele começou comendo ela por trás. Nosso cliente nem aguentava ir muito rápido, porque já estava doido pra gozar. Para melhorar, quando ele ia mais lento, Lana fazia questão de rebolar batendo a bundinha na cintura dele. Eu aproveitava a posição pra trocar beijos com ela, que era fodida por trás, mas mantinha a mão na minha buceta pra me masturbar.

O homem tirou o pau de Lana para respirar um pouco. Depois de um tempinho ele enfiou em mim e começou a me folder gostoso.

– Enfia os dedos nela, vai! – Eu falei para ele.

– Isso! Enfia os dedos na minha buceta! – Lana completou.

Ele me comia com o pau e comia Lana com os dedos. Ele estava tão alucinado que urrava mais alto do que nossos gemidos. Ele estava louco tendo que comer duas bucetas ao mesmo tempo.

Quando ele foi parando eu falei para Lana “Vamos fazer ele gozar!” e ela acenou com a cabeça que sim. Nós deitamos ele na cama e eu sentei sobre ele, num sessenta e nove. Ele chupando minha buceta e eu e Lana chupando seu pau.

Quando Lana o masturbou enquanto eu lambia a cabeça do seu caralho, ele urrou firme e espirrou vário jato de porra na minha boca. Lana continuou masturbando e apertando as bolas pra ver se saía mais. Quando ele já estava desfalecido na cama, eu mostrei minha língua cheia de porra para Lana. Lana chupou minha língua e beijou minha boca, roubando um pouco daquele sêmem quentinho para ela.

Depois disso, o sessenta e nove foi entre eu e Lana, Ela por cima e eu por baixo. Ele não aguentaria mais sexo, mas eu e Lana éramos duas piranhas insaciáveis. Gozamos uma na boca da outra enquanto ele nos assistia paralisado.

Deixamos ele na cama, tomamos um banho juntas, nos vestimos e eu retirei o contrato que já havia levado impresso da bolsa. Quando saímos do quarto ele falou “Espero que quando este contrato terminar vocês duas venham me fazer assinar o próximo!”. Eu sorri dando um tchauzinho com a mão e Lana jogou um beijinho para ele.

No elevador eu ela Lana brincamos:

– A gente deveria largar o direito e virarmos garotas de programa, Lana.

– Talento a gente tem! – Nós rimos alto com aquilo.

– Íamos ficar ricas muito mais rápido!

– É verdade!

Chegando no escritório entreguei o contrato à minha chefe, que o folheou-o com olhos atentos.

– Assinado? Sem mudar nenhuma cláusula? Meus parabéns. Como você conseguiu essa façanha?

Eu me virei e saí da sala dela.  fiz um insta onde vc pode me procurar para falar sobre os contos renatavozkaraujo

1551 views

Contos Eróticos Relacionados:

Ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual

O conto que vou relatar agora é sobre um ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual, que sinceramente não foi como planejei, foi muito melhor e acho que vocês vão curtir a leitura,...

LER ESTE CONTO

Bate e volta pra gozar no feriado

Bate e volta pra gozar no feriado - Na manhã do feriado ele acordou-me para dizer-me que estava só, na chácara, trabalhando em reparos tipo homem-sexy. Como na maioria dos dias anteriores ele me...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 5 = ?

geo-objects.ru - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

- - - - - - - - -  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

© 2023 - Conto Erótico -